Categorias
Filmes

Curta-metragem – DeZencontros

Sabe aquele momento em que você encontra a pessoa perfeita para passar todos os dias de sua vida, envelhecendo juntos? É… eu sei, é muito bom e não acontece só em filme.

Não sabe? Então DeZencontros poderá te dar esse gostinho pois, “quando o assunto é amor, nada é por acaso”. Sem mais spoilers, assista agora:

Que projeto especial e que honra para mim fazer parte dessa equipe tão talentosa! Bruno do Val — um dos diretores do curta-metragem — desde que o conheci, sempre demonstrou inclinação para o cinema, por contar histórias.

O tempo passou, a amizade cresceu e ele ingressou na primeira turma do Curso Superior de Tecnologia em Fotografia da Universidade FUMEC. Para se formar, tinha que apresentar um trabalho de conclusão e, genialmente, conseguiu convencer a todos de que o produto seria um curta-metragem.

Eu não podia ficar de fora, então fui chamado para prestar consultoria cinematográfica e também assinar a pós-produção (trilha sonora, montagem, efeitos visuais e colorização). O desafio foi transformar fotógrafos em cinematógrafos e não atores em atores, mas deu tudo certo e sinto saudades daqueles dias intensos pelas ladeiras de Ouro Preto-MG.

Aproveite e confira os bastidores do filme:

Acesse também o site oficial do filme em http://www.dezencontros.com.br/, pois lá há mais informações sobre o projeto e também é disponibilizado o roteiro e o storyboard gratuitamente para que você se inspire e crie seu próprio curta-metragem ou, quem sabe, um longa?

Ah! Antes que eu me esqueça, o fãs de Código B têm um motivo a mais para assistir ao curta… descubra qual é.

Categorias
Músicas

Sim, estou no Spotify. Confira!

Verdade! Estou no Spotify e em mais de 150 lojas e serviços de streaming de música em todo mundo.

Capa do single Melifluidade Pungente por Júlio Sardinha
Ouça Melifluidade Pungente em SpotifyiTunesApple MusicGoogle Play/YouTubeAmazon, Pandora, DeezerTidalNapsteriHeartRadio, ClaroMusica, Saavn, MediaNet

Ainda com somente duas músicas, mas tem um álbum completo e já na fase de masterização — chegando, fruto de quase um ano de muita pesquisa e aprendizado musical que também pretendo compartilhar aqui no site em forma de cursos e tutoriais.

Capa do single Arrepsia por Julio Sardinha
Ouça Arrepsia em SpotifyiTunesApple MusicGoogle Play/YouTubeAmazon, Pandora, DeezerTidalNapsteriHeartRadio, ClaroMusica, Saavn, MediaNet

Tenho certeza de que evoluí bastante desde o lançamento de Arrepsia — minha primeira música — então o legal seria você já clicar em “seguir” para que, quando o novo álbum for lançado, seja avisado em primeira mão. O que acha?

E vem mais por aí!

O bacana do próximo álbum é que ele terá como temática a astronomia e cada música representará um objeto celeste (nebulosa, galáxia, constelação…). Num futuro projeto, essas músicas servirão para ajudar a contar detalhes desses objetos de uma forma bem lúdica.

Categorias
Eventos

Palestra – Criatividade e Arte na Astronomia

Que alegria, que honra e que desafio foi fazer a última palestra do ano de 2019 do Terça Astronômica, que é um projeto do GEDAI CEFET-MG (Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia Intercampi do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais).

Autora da foto: minha linda esposa!

A alegria foi por estar junto de tantas pessoas queridas e extremamente competentes em suas áreas. Cientistas, professores, artistas e estudantes estavam ali por um único motivo, me ajudar a entender a relação entre Ciência, Criatividade e Arte. Fiz uma exposição de todas as minhas ideias sobre o assunto, os instiguei, os inspirei e recebi de volta muita informação de qualidade. Creio que foi unânime o senso de completude após a palestra.

A honra foi por ser eu o técnico por trás das câmeras, transmitindo todos os eventos anteriores desde o início da Terça Astronômica. O processo foi melhorando a cada apresentação e isso possibilitou que o projeto tomasse a forma que tomou, hoje servindo de referência no cenário da divulgação científica.

Agora vem a parte do desafio, né? E dá-lhe desafio! Dessa vez eu iria para a frente das câmeras… e quem iria transmitir? Tive a ajuda do incrível Pedro Arles — aluno do CEFET-MG e bolsista do projeto — que se dispôs a aprender a técnica do “ao vivo”. Até o dia do evento, ele conseguiu se superar e já estava muito bem preparado para transmitir qualquer outra palestra. Porém, a minha — do jeito que formatei — complicaria muito a vida dele. Era cheia de vídeos, fotos, ilustrações e animações. No meio disso tudo, ainda deveria inserir as imagens das câmeras.

Qual foi a solução? Usar um passador de slides para controlar o software de transmissão remotamente. Só que isso não existia da forma em que todo o equipamento do auditório estava disposto — ao mesmo tempo em que os slides e as imagens das câmeras eram exibidos para o público local, também iriam para o streaming do YouTube. O jeito foi programar, utilizando a linguagem Lua (que interessante, né? Programar em Lua para a Terça Astronômica! rsrsrs) um script que saberia em qual cena eu estaria e, dependendo da tecla que eu apertasse, mudaria para próxima ou anterior. O detalhe é que eu não sabia nada dessa linguagem e nem da API do OBS (software de transmissão). Mas consegui! E foi bem legal, vou compartilhar o código com você para o caso de precisar algum dia (aqui está o link: https://github.com/juliosardinha/JSDev/blob/master/OBS-MudaCena.lua, fique à vontade para me ajudar a melhorá-lo).

Então, para encurtar a história, deu muito certo, estou extremamente feliz com a experiência e que a informação gerada com a palestra repercuta por todo o Brasil, alcance a quem precise e faça a diferença na vida dessas pessoas.

A palestra está gravada, assista aqui:

Deixe também seu comentário e ajude a compartilhar. Agradeço em nome da ciência, da criatividade e da arte.

Eu prometi também passar os links que servem para complementar o conteúdo, aqui estão:

Site oficial do GEDAI CEFET-MG (filie-se!)
http://www.gedai.cefetmg.br/

Meu website (ainda em construção, mas fique ligado que vai bombar informações muito em breve)
https://js.art.br/

Através do Universo: van Gogh e as cores da noite
http://www.gedai.cefetmg.br/2019/11/12/atraves-do-universo-van-gogh-e-as-cores-da-noite/

A literatura e as estrelas por Mario Vargas Llosa
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/06/29/opinion/1530285477_211245.html

SciCast (o melhor podcast nacional de divulgação científica)
https://www.deviante.com.br/podcasts/scicast/

Lista da Wikipedia com vários artistas espaciais
https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_space_artists

Estúdio de Visualização Científica (aproximadamente 7600 materiais visuais para uso mediante atribuição)
https://svs.gsfc.nasa.gov/

Color Usage Research Labs – Site muito detalhado sobre uso de cores na NASA
https://colorusage.arc.nasa.gov/

Livros
* Ed Catmull e Amy Wallace – Criatividade S.A.
* Carl Sagan – Cosmos
* Carl Sagan – Pálido Ponto Azul
* Stephen Hawking – Uma Breve História do Tempo
* Douglas Adams – O Guia Definitivo do Mochileiro das Galáxias
* Douglas Adams – O Restaurante no Fim do Universo
* Annibal Hetem Junior e outros – Ombros de Gigantes (História da Astronomia em Quadrinhos) – https://amzn.to/37SeCJg

TIMELAPSE OF THE FUTURE: A Journey to the End of Time
https://youtu.be/uD4izuDMUQA

Astronomia para Crianças (em português)
https://www.canalkids.com.br/cultura/ciencias/astronomia/index.htm

Desenhos da Lua por Galileo Galilei feitos em 1609
https://brunelleschi.imss.fi.it/galileopalazzostrozzi/object/GalileoGalileiDrawingsOfTheMoon.html

Lonely Speck (site completíssimo sobre astrofotografia – técnicas, análises de câmeras e tutoriais)
https://www.lonelyspeck.com/

HubbleCast 104 – Ilustrando as descobertas do Hubble
https://www.spacetelescope.org/videos/hubblecast104a/

Hubble Space Telescope
https://www.spacetelescope.org/

Site do Chesley Bonestell, pioneiro da arte conceitual espacial
https://www.bonestell.org/

John Conrad Berkey, outro incrível artista conceitual espacial
http://johnberkey.com/gallery/space/

NASA e Arte: Uma Colaboração Colorida com História
https://www.nasa.gov/feature/nasa-and-art-a-collaboration-colored-with-history

Álbum do Flickr com as fotos do Programa de Arte da NASA
https://www.flickr.com/photos/nasacommons/sets/72157633977913266/with/8973492146/

Cassini´s Grand Finale – Informações sobre a queda da sonda Cassini em Saturno
https://solarsystem.nasa.gov/missions/cassini/mission/grand-finale/overview/

Exoplanets Travel Bureau – Agência de viagens para fora do sistema solar
https://exoplanets.nasa.gov/alien-worlds/exoplanet-travel-bureau/

5 formas de se encontrar um planeta
https://exoplanets.nasa.gov/alien-worlds/ways-to-find-a-planet/

Estranhos novos mundos
https://exoplanets.nasa.gov/alien-worlds/strange-new-worlds/

Universo de Monstros
https://exoplanets.nasa.gov/alien-worlds/universe-of-monsters/

Galáxia dos Horrores
https://exoplanets.nasa.gov/alien-worlds/galaxy-of-horrors/

TRAPPIST-1 (acesse principalmente a seção Gallery para ver as artes visuais de vários artistas inspirados por essa descoberta e também assista aos vídeos, pois há até um em que criam música baseado no movimento dos exoplanetas. Acesse também a parte de histórias. Ou melhor, navegue em todo o site, é muita informação e arte rsrsrs)
http://www.trappist.one/

ESO (European Southern Observatory) – Esse está em português, eba!
https://www.eso.org/public/brazil/

Observatório ALMA
https://www.almaobservatory.org/

NASA Spitzer Telescope (muito material educacional)
http://www.spitzer.caltech.edu/

Terra à Deriva (filme chinês de ficção científica)
https://www.netflix.com/br/title/81067760

Videoclipe: The Sky is Calling de Kim Boekbinder
https://youtu.be/KCJzUiBZItk

O software que utilizo para fazer as transmissões ao vivo
https://obsproject.com/pt-br

Categorias
Livros

Livro – Urubu

A escolha de uma profissão realmente nos prepara para tudo? Passar anos estudando nos ajuda a enfrentar todos os desafios relacionados? Para um médico, tratar desconhecidos é rotina, mas e quando a família é envolvida?

Lancei!!! Meu primeiro livro está à venda! Conto com você para ler e divulgar a obra. Não foi fácil romper a barreira da publicação, mas agora quero mais e estou cheio de ideias para escrever. Irei compartilhando o progresso dos outros livros de acordo com a evolução do processo.

Antes de comprar, leia o primeiro capítulo:

Capítulo 1

A boa notícia

Sempre fui muito estudioso e adorava aprender coisas novas. Num belo dia — aos 17, voltando da escola —, não me continha de tanta alegria e meu corpo exalava excitação. Sim, tinha tomado uma decisão que mudaria a minha vida para sempre e queria compartilhar com minha família. Até hoje me lembro do barulho da mochila em minhas costas, pois eu andava dando pulinhos, nunca em linha reta, e meus cadernos, livros, lápis e canetas se reviravam dentro dela, exatamente como os pensamentos em minha cabeça.

Finalmente avistei a fachada de casa, o sol ao fundo iluminando seus contornos. Apesar de simples, nesse dia eu a achei belíssima e confesso que até a visualizei com algumas melhorias/reformas executadas. Respirei fundo e entrei.

Minha primeira visão foi a de meu pai sentado no sofá, como de costume, lendo seu jornal e uma caneca com café fumegante ao seu lado. “Tomei a benção” e ele estendeu a mão para que eu a beijasse. Nossa! É uma tradição bem antiga, né? Algo que está acabando mas que sei que me fará muita falta… enfim, retomando… Ele logo percebeu minha euforia e até quebrou o hábito de sempre me perguntar como foi na escola.

— E aí, filhão, pelo jeito nossa conversa de ontem foi muito boa, hein? Tomou alguma decisão?

Imediatamente sentei ao lado dele e estufei bem o peito, ato que me ajudou a nivelar nossos olhares e a focar diretamente em seus olhos.

 — Tomei sim, papai, decidi que quero ser médico. Quero curar pessoas! — meu coração palpitava tanto que parecia querer sair pela boca.

A reação de meu pai não foi exatamente a que eu esperava.

— Que ótimo, Alberto, é uma bela profissão! — Franziu a testa, fez cara de sério e questionou. — Mas essa escolha não é só por status ou dinheiro, é?

Minha resposta foi rápida, um sonoro “Claro que não, pai!”, seguida por mais ar sendo puxado para o peito e a explicação de que o dinheiro seria legal também, porém o motivo principal era poder ajudar ao próximo. Disse que refleti muito e gostei da ideia.

Ao terminar a explicação, o ar em meus pulmões havia se exaurido mas a sensação era de plenitude e estava certo de ter sido o mais sincero possível com meu pai. O problema é que, naquele momento, obtive somente o acalorado apoio de sempre. Achei que o veria mais feliz, sentimento que ele só externalizou mais adiante, em minha festa de formatura, quando me chamou num cantinho e confessou que nunca percebera tanta certeza e altivez em minha decisão.

Secretamente, meu pai sempre desejou ter um filho médico, tanto é que se esforçou e trabalhou muito para me prover a melhor educação. Nunca pôde pagar uma escola particular, mas fez o máximo para que eu tivesse tudo o que precisasse para estudar. Apesar do esforço, tinha medo de me revelar seu desejo e isso acabar influenciando minhas escolhas, o que poderia me tornar um profissional frustrado. 

A resposta dele, naquele dia, foi um abraço apertado e as seguintes palavras:

— Muito bem, meu filho, só quero que você seja um bom profissional e que continue com essa simplicidade. Siga sempre seu coração. Seja um homem simples…

Compre agora na Amazon